esboço para algo maior

terça-feira, 9 de agosto de 2011 às 23:15

etiquetado como


Beirut - Elephant Gun
A vida não é mais que a reviravolta dos sonhos - somos meros caprichos na mão do tempo, com o sentimento da revolta agrilhoado à saudade - sombras do nosso útero.

Reflexos da terra que nos viu morrer.

Deixa-me construír as paredes deste muro com jangadas
para beber o céu que te transborda os olhos,
em doces cascatas de vertigens bravas,
despidas nas rosadas mentiras a cada dentada.

Irei embarcar com todas as ideias
em movimentos perpendiculares à verdade da tua ausência,
- é a simbiose evidente, gratuita ou generosa
amarrar as palavras aos dedos pintados de morte.

Agarrar-te-ei o corpo com os dentes.


J

1 Comentário:

O que escreves comove e é impossível lê-lo apenas uma vez.
É como algo com um sabor ou um aroma que não se consegue definir e que não se consegue parar de saborear porque é bom.
T

Publicar um comentário