jeux d'amour

quinta-feira, 15 de maio de 2008 às 00:04

etiquetado como


Rodrigo Leão - Jeux d'Amour
first you reel me out and then you cut the string.

dançavam juntos, ao som dos seus beijos, naquela sala, quarto perfumado a tabaco, cujo fumo balançava pelas frestas da luz que espreitava à janela. calmos, intocáveis naquele momento que recuava até ao futuro, sem esperarem pela música, sentiam apenas os seus corpos, enganados um no outro, com as pernas que se trocavam, revezavam, desfazendo os nós complicados dos fios que lhes pendiam sobre as cabeças, de olhos despidos para dentro, rasgavam os dentes na carne que lhes pertencia, era sua, mastigando cada palavra que lhes salivava da boca, animais que desapareciam numa sombra, pintados numa parede, de asas no tecto, eram anjos, demónios, electricidade viva, intensa, ligação tremenda à vida, rápida, naquela lenta maneira com que se desejavam, com que desejavam poder acabar tudo ali, num golpe fatal, a fuga.

e ela despia-o, calma, serena, deitados, rastejando um no outro, deitados na carpete rubra, trocando os olhos pelos dedos, naquele mito de corpos embalsamados pelo passado, larvas que se metamorfoseavam naqueles casulos, por dentro e para dentro, onde tudo o que ficava para trás partia para longe, lentamente, numa carícia.

ele jantava e saciava-se, lentamente descobria a razão para a qual tinha recebido a dávida da vida, imitando seres celestiais e despia-a, frágil, escondida nas sombras da luz, mas de tão viva imagem, daquelas vidas que haviam deixado para trás, reconhecendo-se mutuamente naquele estranho espaço e tempo, mesmo passados tantos anos. e ambos conheciam ainda o caminho a seguir.

seria louco se não seguisse os seus olhos.



J

don't get any big ideas
they're not gonna happen
you paint yourself white
and fill up with noise
but there'll be something missing

now that you've found it, it's gone
now that you feel it, you don't
you've gone off the rails

so don't get any big ideas
they're not going to happen
you'll go to hell for what your dirty mind is thinking

Publicar um comentário